História da Cidade


Tel. (32) 3355 - 2404
Email: ramalhetereservas@gmail.com

Tiradentes e a região da Serra de São José

Já nos primeiros quilômetros próximo de Tiradentes é possível o viajante se surpreender pela grande muralha que entrelaça o antigo vilarejo do Rio das Mortes.  A Serra de São José envolve a cidade e a divide com as outras cidades históricas da região como Prados e seu vilarejo do Bichinho (rico artesanato diversificado), Resende Costa (tradicional  nos tapetes de tear), Coronel Xavier Chaves (Cachaça e esculturas em pedra), São João del-Rei (a cidade dos sinos e sua religiosidade expressiva) e Santa Cruz de Minas (antigo “porto da passagem”, hoje um polo da indústria moveleira).  A Serra é a moldura natural de Tiradentes com fauna e flora exuberante e totalmente preservada. São 14 Km de extensão constituindo três biomas distintos (mata atlântica, cerrado e campos rupestres).

As históricas cidades vizinhas guardam tradições na arte, na religiosidade, na música e em suas construções históricas. Cada qual com uma essência única. Os tempos da mineração aurífera se foram, ficando apenas a antiga estrada real margeando rios, a serra e adentrando nas cidades. Por cada trecho a historia pode ser identificada em suas construções e na hospitalidade mineira.

A região aprendeu a conviver e a formatar o turismo como economia principal. Lojas de artesanato, ateliês de arte, mestres em ofícios, fábricas de móveis, ferro podem ser visitados em toda a região.

A Serra como Tiradentes guarda suas histórias e seus “causos” como a CRUZ DO CARTEIRO junto ao antigo trecho da Estrada Real já no topo da Serra ou ainda suas lendas.

Diversas agências de turismo ou guias registrados levam para cachoeiras, trilhas, cavalgadas, cavernas, observação de pássaros, ciclismo, MotoCross, Rapel, floating (descida de barco pelo rio Elvas), passeio de jipe 4×4, etc.

Sempre há um passeio diferente para se fazer!

Por toda a região é possível a visitação a Alambiques tradicionais e alguns com mais de duzentos anos de funcionamento. A cachaça, como o queijo, as quitandas, os doces, o ora-pro-nobis,  “a carne de porco na lata”, o frango caipira e o feijão, servem de ingredientes para acompanhamentos na farta culinária mineira ou para quem preferir, ainda há diversos restaurantes com culinária internacional.

Tiradentes é destaque em eventos reconhecidos nacionalmente. O ano começa com o Festival de Cinema, depois Carnaval, Festival de Fotografia, Festival de Teatro, Festival de Vinho & Jazz; Feriados Nacionais, Festival de Motos Clássicas – “Bike Fest”, Festival de Gastronomia, Festival de Artes,  Festival do Fusca – “Classic Fusca”, X Terra – esportes e ainda o Natal de Luzes, etc.

Tudo associado à beleza natural e arquitetônica de Tiradentes com suas igrejas, museus e monumentos civis.

É impossível visitar a região e não se apaixonar. Em algum momento haverá algo para te surpreender.

Bem vindo a antiga Comarca do Rio das Mortes, terra dos Inconfidentes e do mártir Tiradentes.